Merielen

24 outubro, 2007

Quer falar outro idioma? [1ª Parte]

Idiomas! Quem não conhece alguma palavra em outro idioma? Muitos se interessam por de fato aprender outra língua e o fazem com tamanha dedicação. Outros tremem só de pensar na quantidade de “y” e “w” que existe no Inglês, ou então na grafia do Chinês, na pronúncia do Árabe... E assim por diante.

Para falar outro idioma, é preciso muito mais que fazer um curso, pois duas aulas de uma hora e meia por dia, não vão te ensinar tudo que precisas aprender. Dedicação é fundamental. Digo por experiência própria. Fiz um curso de Inglês de 8 semestres, ou seja, 4 anos e garanto que ainda tenho muito para aprender. Mas aprendi bastante, o curso foi fundamental é claro, principalmente no começo, no curso a gente aprende as regras gramaticais, como conjugar os verbos, bastante vocabulário, enfim, toda a estrutura da língua. Mas sem prática, sem meter à cara a tapa, o curso se transforma só em passa-tempo.

O post de hoje é sobre como aprender de verdade outro idioma. Não é uma fórmula mágica, é apenas meu relato sobre como eu aprendi Inglês e podem acreditar, tem funcionado muito bem para mim e para todos que adotam meu “método” huahuahauhau!!!

Como o assunto dá pano para manga, vou postar um pouco cada dia. Lá vai:

1ª Parte – Tradutores e Dicionários on line.

Comecei a aprender inglês porque sou fã da Selena, fazia parte de vários grupos sobre ela no Yahoo Grupos e por muitas vezes links com reportagens e novidades sobre ela eram enviados por outros membros, só que em Inglês... Normal né, afinal ela nem é tão conhecida aqui. Só que eu queria ler, mas meu inglês se limitava a uma meia dúzia de palavras que havia aprendido no colégio (Love, apple, you, my, etc...). Como para quem trabalha com TI o inglês é fundamental, decidi juntar o útil ao agradável. Lá fui eu me matricular no curso de Inglês oferecido pela universidade onde eu estudo.

No primeiro e no segundo semestre eu bem que tentava ler as tais notícias sobre a Selena e qualquer outra coisa que aparecia em Inglês. Toda metida me achava o máximo por entender umas cinco ou seis palavras em um parágrafo inteiro. Como não tinha saco para procurar no dicionário todas as outras que eu não entendia, copiava o texto e colava no dicionário on line
Babel Fish para saber logo do que se tratava o tal texto. Era uma esbórnia, pois infelizmente estes tradutores não traduzem sentido.

Quer um exemplo? A palavra
get, ai Zeus, existe uma porrada de traduções para esta palavrinha que me deixava doida no começo, com aquela sensação de que eu nunca iria aprender. Se alguém diz “Get it?” está querendo dizer “Entendeu?”, mas o tradutor traduz como “Comece-o?”. Outra frase muito conhecida do Inglês “He drives me crazy” que quer dizer “Ele me deixa louca” o tradutor traduz “Dirige-me louco”. Dirigir? Pois é, como eu disse, ele não traduz sentido, ou seja, não é um método muito eficiente, mas ajuda bastante quando se está no início. Por falar em eficiência, uma coisa que funciona bem é usar a palavra “get” quando não se sabe o que usar... Me dei conta disto depois de um tempo e muitos amigos que foram para o exterior, me dizem que é tiro e queda. No final, descobri que “get” era meu aliado. Voltando aos tradutores on line... Eles ajudam, só não vale ficar dependente deles. Funciona melhor traduzir do Português para o Inglês. Mas como eu disse o bicho não traduz sentido, então quando perceber que uma palavra não ficou lá estas coisas, melhor recorrer ao dicionário... de papel.

Conforme o tempo vai passando e vai se aprendendo mais a língua, menos se utiliza este tipo de tradutor. Eles começam a servir para traduzir uma única palavra que não se entendeu no texto. Mas aí volta a questão do sentido... Quer outra palavra que tem outra porrada de significas?
Take! Eita palavrinha que me dirige louca.... huahauahuahua... It drives me crazy! Pode-se dizer tanta coisa usando esta palavrinha mágica... Assim como o get!

Falando em dicionário, existem diversos dicionários excelentes na web. Estes já são para quando nosso entendimento da língua está mais avançado, quando queremos a tradução de uma ou outra palavra ou sentido. Um que uso até hoje é o
Ultralingua, com certeza um dos melhores que já utilizei, é uma beleza, traduz sentido e ainda há explicação sobre a palavra, conjuga verbos, mostra por extenso os números... Só que o uso é limitado, óbvio que uma ferramenta destas não iria ser totally free. Of course!

Mas vejam bem, infelizmente estes dicionários funcionam muito bem se a língua for o Inglês, ou seja, para traduzir do Inglês para Português e vice-versa. Na realidade eles traduzem de determinada para o Inglês e de tal língua para o Inglês... Não achei nenhum que traduza do árabe para japonês por exemplo.

Tradutores on line:
Google – Ferramenta de Idiomas
Babel Fish
Clube do Professor
Tradutor Online
World Lingo
Tio Sam

Dicionários:
Ultralingua
Meus Dicionários
OneLook
UOL - Babylon
Ectacto
MSN - Encarta

Um comentário:

Marina Sales disse...

Cara Merielen Sabaini,

Estou entrando em contato, pois achei seu artigo interessante e gostaria de fazer-lhe uma sugestão.

Por isso, indico-lhe nosso portal lingüístico bab.la. Oferecemos diversas ferramentas e recursos úteis para pessoas que aprendem e se interessam por outras línguas e entre eles, 15 dicionários bilíngües em inglês, incluindo o português-inglês: http://pt.bab.la/dicionario/portugues-ingles/.

Além disso, dispomos de centenas de lições de vocabulário, fóruns, testes e outros recursos úteis para o aprendizado de idiomas.

Assim, caso achar que seus leitores se interessariam pelos recursos do bab.la, apreciaríamos muito se você adicionasse nossa página ao seu artigo.

Qualquer dúvida ou necessidade de mais informações, por favor, não hesite em me contatar.

Atenciosamente,

Marina Sales
marina@bab.la